Conseguindo um visto para a Bélgica!

Oi pessoal!! Tudo bem?

Eu sei que muita coisa não vai bem, especialmente se você vive no Brasil ou na Bélgica.

O Brasil está não só afundado numa crise financeira que, apesar de ter demorado a chegar, bateu forte e parece ter levado o país ao fundo do poço para todo o sempre... Mas além disso, estamos vivendo um momento de denúncias e punições a corrupções que sempre existiram, dividindo a opinião pública e fazendo da vida do brasileiro um verdadeiro inferno!

Neste momento, a Bélgica também não está lá essas coisas: aparentemente, a Bélgica é o ninho do terrorismo europeu, abrigando radicais islâmicos organizados que dedicam suas vidas (literalmente) a apavorar a população com o objetivo de tirar as tropas belgas - e europeias - da Síria.

Ainda assim, muita gente anda me perguntando como diabos se consegue um visto para a Bélgica? Afinal, com terrorismo e tudo, aqui ainda parece ser um país mais promissor do que o Brasil no momento, acredite você ou não...

Pois bem! Estou aqui escrevendo esse artigo para aquelas pessoas que estão cansadas, desmotivadas e que não aguentam mais o nosso Brasil de meu Deus e estão pensando na possibilidade de vir para a Bélgica tentar a vida.

Primeiro de tudo, é importante dizer que quase todas as informações sobre imigração para qualquer país você encontra no site da embaixada ou do consulado daquele país no Brasil. No caso da Bélgica, as informações que eu vou passar aqui são baseadas no site do Consulado Belga de São Paulo, no site da Embaixada da Bélgica de Brasília e na minha própria experiência.

Bom, vamos lá:












Afinal, QUEM TEM PERMISSÃO PARA IR MORAR NA BÉLGICA?

- Descendentes - óbvio. Se seu pai ou sua mãe é belga, você é também (mas atenção: só até os 28 anos! Vai entender por quê...).

Nem todos os países permitem a dupla nascionalidade, mas para a sua sorte, o Brasil e a Bélgica sim, então vai atrás de requerer um teste de paternidade ou documentos que comprovem a sua descendência que, assim, você tem livre entrada na Bélgica. Se você tem certeza e tem todas as formas de provar que é filho de belga, contacte o Consulado Belga da sua região e peça pelo documento chamado "Conservação da Nacionalidade Belga". Não adianta pedir por esse documento depois dos 28, ou seja, ao completar 28 anos, você acaba perdendo o direito de dupla nascionalidade, então não perca tempo!

Ah! Importante dizer que, para registrar, legalizar e traduzir todos os documentos necessários para a dupla cidadania no Consulado, você vai ter que desembolsar cerca de R$400,00.
Outra coisa importante é que se você teve um filho ou filha com um(a) belga, o procedimento será quase o mesmo, mas você terá que pedir um outro documento no Consulado chamado "Atribuição de Nacionalidade Belga". 

Se é seu avô ou avó ou outro parente que era belga, infelizmente, não há o que fazer. Você não tem direito a cidadania Belga - a não ser que seu bisavô belga, por exemplo, assinou esse documento do Consulado assegurando a cidadania belga ao seu avô, que fez o mesmo para o seu pai, que pode fazer o mesmo para você... entende?

- Apaixonados... Se você caiu na rede belga do amor, é possível que esteja querendo ir para a Bélgica para poder viver feliz para sempre ao lado do seu boy/girl magia. A boa notícia é que você consegue permissão para ficar no país sem precisar se casar com ninguém!
Isso é o que chamamos de Coabitação: Seu parceiro ou sua parceira belga atesta oficialmente que será seu responsável financeira e juridicamente, por tanto, ele ou ela deve responder a alguns pré-requisitos para poder trazer você ao país. Além disso, vocês devem provar que são mesmo namorados por algum tempo e que já se encontraram algumas vezes. Para saber detalhes de como é todo o processo, clique aqui.

Vale lembrar que as regras da Coabitação não é restrita a uma relação amorosa, ou seja, você pode pedir a Coabitação para ir morar com um tio, primo, amigo e etc.

No caso de quem se casa com um ou uma belga, as coisas são um pouco mais simples para conseguir a cidadania belga, mas só um pouco. A chance de sua estadia no país ser negada é quase nula, mas ainda assim, o/a imigrante terá que cumprir com alguns deveres dentro do país.
  
- Trabalhadores! Sim, é possível chegar na Bélgica com seu trabalho garantido! Um dos empregos mais procurados por imigrantes é o de babá, ou Au Pair, sendo que existem agências brasileiras que se dedicam quase que exclusivamente para isso!
Se você manja um pouco de inglês, pode ainda se cadastrar em alguns sites belgas que te encaminham para as empresas que precisam de brasileiros. Para saber mais, clique aqui.

Os estudantes que conseguem bolsas de estudos ou intercâmbios culturais poderão, obviamente, entrar no país, mas terão permissão para ficar apenas durante o período pré-determinado pela bolsa de estudos ou agência responsável. Qualquer estudante que exceder o tempo pré-determinado estará infringindo a lei e permanecendo ilegal, ainda que ele tenha conseguido um emprego.

ENTRANDO ILEGALMENTE






Bom, todos nós, brasileiros, temos permissão para ficar na Bélgica ou em qualquer país europeu por até 90 dias sem necessidade de visto. As regras para turistas são rígidas: se você tem uma passagem de avião de ida e volta de 3 meses, você precisa mostrar que tem dinheiro para se bancar por todo esse tempo, além de estadia comprovada, seguro de saúde e tudo mais (para saber mais sobre Turismo, clique aqui).
Mas é assim que muitas pessoas encontram a chance de entrar no país: uma vez soltas e livres pelas ruas belgas, elas simplesmente tentam encontrar um lugar para ficar e um trabalho de qualquer coisa o mais rápido possível, tudo ilegalmente e com a ajuda de outros que já moram aqui a mais tempo na mesma situação.

A verdade é que, se dentro dos 3 meses que você estiver na Bélgica como turista, você for chamado para trabalhar em uma empresa e ela se compromete a providenciar toda a papelada para você ficar, você terá a oportunidade de ficar LEGALMENTE no país sem qualquer dor de cabeça.
Você pode estar se perguntando "Mas por quê uma empresa iria querer fazer isso por mim?"
Pois saiba que muitas empresas precisam de trabalhadores brasileiros, seja por causa da língua, seja por uma especialização específica - por exemplo, se você for biólogo com experiência em alguma espécime do cerrado brasileiro, ou se você é pedreiro e sabe fazer calçadas no estilo do mozaico português, enfim. Mas além disso, saiba também que muitas empresas recebem subsídios do governo para empregar estrangeiros.

Em outras palavras: se você tem algum talento, venha dar uma pesquisada pessoalmente no país, e vai sondando as oportunidades. Se não der em nada, você volta depois de 3 meses para o Brasil mais preparado e com alguma bagagem cultural! Mas se você não tem dinheiro para vir sondar as oportunidades, avalie bem os riscos de tentar uma vida ilegal na Bélgica. Muita gente conseguiu e está aqui há anos, trabalhando e vivendo ilegalmente. Não conheço ninguém nessa situação que está bem financeiramente, juntando dinheiro, mas existe, sim, gente vivendo melhor assim do que estaria no Brasil. Você deve tomar uma decisão dificil, pesar suas prioridades, saber qual é ou quais são as suas metas na vida.

Envie suas dúvidas por aqui ou deixe um comentário!

Boa sorte!




42 comentários:

  1. Olá Isis,
    só digo uma coisa: POSTE MAIS! Poste toda semana, se possível! Hahahhaaha você tem talento (e, se não me engano, vi no canal que é formada em jornalismo), além do mais, estará ajudando muita gente que tem esse sonho! Eu não só quero como preciso ir pra Bélgica por questões de <3 também, topa ser minha fada madrinha?

    ResponderExcluir
  2. Muito bom parabéns pelo o seu trabalho ! Gostei demais do Blog estou estudando a possibilidade de ir ilegalmente !

    ResponderExcluir
  3. Olá Isis! Te conheci pelo YouTube e estou pensando em fazer meu PhD na Bélgica, na região dos Flandres, mas ainda não decidi o que seria melhor (a oportunidade de aprender francês ou um idioma desconhecido como o holandês..) Gostaria de saber como éh o processo para estudar na Bélgica, pelo que eu andei pesquisando é MUITO, MUITO, diferente do Brasil e eu tenho muitas dúvidas. Você poderia falar um pouco sobre o jeito dos Belgas? O que eles gostam e se irritam nos Brasileiros? Tenho amigos Alemães e Austríacos e tivemos um FORTE choque cultural a princípio hahhaha (Exemplos: atrasos, falar diretamente o que você quer e sente, explicar o que é mal visto ou proibido na cultura, etc..) Também tenho dúvidas com relação a bolsa de estudos, se posso trabalhar ou só estudar ganhando a bolsa, e se o curso de idiomas é pago. Tenho inglês upper intermediate, preciso aprender mais, mas tenho medo de não terem paciência comigo e ser maltratada na Europa. (não sei porque, mas tudo parece muito assustador daqui!)

    Muito obrigada! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Senta que lá vem textão!

      Para vir estudar aqui é até simples: você precisa fazer a equivalência do seu diploma, se candidatar ao curso que estiver interessada e passar pelo processo seletivo da universidade - se houver ou for o caso.

      Quanto as diferenças culturais, você aparentemente já conhece as principais: atrasos não são tolerados como no Brasil e os belgas tb são mais reservados. Eles detestam qualquer tipo de tentativa de bullying, então até aquela coisa de vc estar numa roda de amigos e um deles faz uma piada e você ri, dá um tapinha no ombro dele e diz "tonto!!" brincando, que seria algo normal no Brasil, seria motivo para olhares estranhos e constrangidos na sua direção. Eles falam menos palavrões, não arrotam e não tiram sarro de animais como no Brasil, e apesar de você talvez estar pensando "nossa, eu tb não faço isso!!", vai perceber apenas aqui que sim, nós fazemos e nem percebemos. Mais uma coisa: eles são muito, muito educados, pedem com licença e dizem obrigado o tempo todo, e nos acham rudes quando não fazemos, ainda que ja seja intimo da pessoa - o Pieter, meu namorado, ainda fica incomodado quando eu aponto pro sal sem nem olhar pra ele, dizendo "passa pra mim" kkkk. No Brasil isso não é falta de educação, é mais uma forma de ser prático e eficiente, é simplesmente mais rápido! Mas no geral, eles adoram brasileiros aqui e se interessam muito pela nossa cultura e história, você logo vai ser o centro das atenções na sua sala ou na tal rodinha de amigos pelo simples fato de vir de um país tão "tropical e mágico", e vai cansar de ouvir a pergunta "meu Deus, você vem do Brasil? O q está fazendo aqui nesse país cinza e frio???" kkkk - e tb vai cansar de ouvir gente falando "Brasil?? Buenos dias!" hahahahaha

      Quanto a trabalhar e estudar, todo estudante trabalha nas férias aqui, as empresas até possuem vagas específicas para estudantes no meio e final de ano. Então você com certeza irá poder trabalhar, seja meio período ou integral, seja temporário ou enquanto estiver aqui, além do estagio que todo estudante faz tb. Mas tudo isso é para o estudante "normal", é possivel q uma coisa aqui e ali mude pelo fato de você estar estudando um doutorado, mas eu imagino que por isso mesmo só haverá vantagens pra você!
      Quanto ao seu inglês, é o suficiente. Ele vai melhorar muito aqui naturalmente, e se você vai mesmo estudar nos flandres eu sugiro que você aprenda mesmo o holandês (na verdade o nome correto é 'neerlandês', mas eu tb chamo de 'holandês', é a mesma coisa). Apesar do francês ser "mais útil" e fácil para os brasileiros, o holandês é uma língua linda (na minha opinião) e muita coisa é similar com o inglês, você vai perceber que não é tão dificil assim! ^_^

      Espero ter ajudado!!
      Boa sorte!

      Excluir
  4. Olá Isis. minha esposa é enfermeira e eu sou Mecânico industrial e trabalho como segurança também,como é esse mercado ai para Brasileiros? Obrigado e parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Olha, ambos teriam muitas chances de conseguir um trabalho! Tanto Enfermaria como Mecânica são áreas promissoras! O grande obstáculo do imigrante, no entanto, não é a qualificação mas a língua: certifique-se de virem afiados no inglês, francês ou holandês! Boa Sorte!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem Ísis? então, eu tenho 19 anos e meu grande sonho é ir morar num país europeu, e conhecendo algumas pessoas que já foram para Bélgica me interessei muito no país. Nos meus planos quero ir para Bélgica em 2019, porém não tenho parentes aí, e eu quero morar legalmente, estou indo para ficar de vez, não quero juntar dinheiro, apenas viver aí. Sinceramente você acha que vale a pena?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Matheus!!!
      Olha, parafraseando a Xuxa em Lua de Cristal, "tudo o que quiser o carar lá de cima vai te dar!" Se este é o seu sonho, pode ter certeza que vai acontecer no melhor momento da sua vida!
      Não é difícil vir legalmente no país, mas você precisa começar cedo a se preparar. Primeiro, pesquise suas possibilidades. Vem para estudar? Já vai estudando francês, holandês ou se afiando no inglês e bora se inscrever em todas as bolsas de estudo existentes pra cá! Vem para trabalhar? Mesma coisa: estude uma das linguas (ou todas, pq não? kkk) e vai aplicando pras vagas pra cá. Uma dica é tentar um emprego na Ambev (Imbev aqui). É uma companhia de cervejas com sede no Brasil e Bélgica e quem trabalha lá tem muitas chances de vir pra cá e vice-versa. E eles precisam de todo tipo de funcionários, mas principalmente administradores, webmasters, comunicadores etc.
      Agora, vc ainda pode arrumar uma namorada - ainda melhor: uma esposa! - belga. Se vc é tão apaixonado pelo país, será facil se apaixonar por uma belga kkkkk. O perigo é ela querer ir pro Brasil e não vc vir pra cá. Claro que não se deve brincar com os sentimentos de ninguém, e sair xavecando tudo q é belga não vai te levar a lugar nenhum na verdade, mas só estou dizendo q essa é uma maneira.

      Por fim... queria te dizer para tomar cuidado com este seu sonho. É muito comum a gente achar que os países europeus são o paraíso na Terra, mas a realidade mostra pra todo mundo que veio pra cá que aqui é só mais um país cheio de maravilhas e defeitos, como o Brasil. Todo mundo que mora aqui pega raiva do país em muitos aspectos, o que é normal e até saudável. O Brasil é muito lindo e amado, apesar de tudo, e vc vai ter essa mesma sensação aqui: aquilo de "mmm não é tudo o que eu imaginava". Além disso, não importa qtas décadas a gente mora num país estrangeiro: ele nunca é o seu lar. As nossas raízes são muito fortes e vc vai ser lembrado constantemente que é apenas um estrangeiro aqui.
      Então, se vc tem certeza que tem uma paixão realista pela Bélgica, seja bem-vindo!
      Obs.: "paixão" nunca é realista kkkkk

      Excluir
  6. Muito legal sua postagem, só corrigindo, se tiver ASCENDENTES (pai, mãe, avô, avó, bisavô, trisavô, etc, são ascendentes, não descendentes, rsrs).
    Sobre as leis para tirar a dupla nacionalidade, acho que a Bélgica é muito ingrata com os descendentes de imigrantes Belgas. Meu trisavô era Belga, assim como sua esposa alemã, tiveram um filho, que se casou com uma Belga também ainda aqui no Brasil, na colônia Belga que foi fundada por Van Lede, e não temos direito a dupla cidadania. Eles dão preferência a pessoas que nem sequer tem sangue belga, e nos dispensam... Espero que um dia isso mude. Enfim, adorei tua postagem. Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau! Acabei de aprender algo novo! Achei que meu único ascendente era Aquário! hahaha
      Obrigada pela sua opinião e informações!
      Sobre imigrantes, eu não sei como é em outros países mas eu acho a Bélgica até bastante razoavel quanto a isso se comparado com os países vizinhos aqui. Para nós, brasileiros, são facilitados os documentos de ascestralidade (ou descendência?) italiana, portuguesa ou espanhola pela vasta ligação entre os países, mas apenas isso.
      Vale lembrar que, ainda assim, não é fácil conseguir a dupla cidadania (até eu teria essa chance já que meus bisavós era portugueses e espanhois).
      De qualquer forma, sim, aqui o "sangue" ou nacionalidade não tem mesmo muito valor e isso é bastante criticado pelos próprios belgas: muitos imigrantes e refugiados possuem mais "regalias" legais que os belgas. Esta é uma sociedade chamada "Well Fair": direitos para quem precisa. Se você vem de um país em guerra, eles te acolhem e te ajudam com o que podem. E realmente: é mais fácil um belga trazer um estranho para o país com o visto de coabitação do que um filho de belga que passou dos 28 anos conseguir entrar na Bélgica por descendência.
      Se isso é justo ou não, complicado julgar... mas entendo sua frustração! :-3

      Excluir
  7. Isis,
    Estou apaixonadinha por um Belga, mas moramos na espanha.
    Voce sabe algo sobre as leis de casamento nos consulados? Se podemos nos casar no consulado dos respectivos paises? Sem eu ter que voltar ao Brasil pra pedir um visado novo ¬¬.
    To perdida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor, você é legal aí na Espanha? Qual é o seu visto aí? Pq até onde eu sei, casamento entre europeus é bem tranquilo viu, se você tiver a nacionalidade espanhola, super tranquilo!
      De qq forma, pra quê casar, boba? Junta com ele por coabitação: muito menos burocrático e vocês ja moram juntos, então é tudo muito mais claro e tranquilo! Melhor ainda se os dois tiverem um bom emprego! Boa sorte!!

      Excluir
  8. Oi!
    Se eu já estiver na Bélgica (como turista, sem visto) posso pedir um visto de estudante (1 ano)? Claro que terei toda a documentação necessária.
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo, pode sim! Vai na prefeitura da cidade onde você está e se informa. O ideal é que você leve um belga com você para que consiga se comunicar certinho (se você não fala a língua local, no caso). Visto de Estudante é bem complicado, depende de uma porção de coisas, como qual o curso que você quer fazer, se você já foi aprovado, como você vai se sustentar aqui enquanto estudar (é bolsa de estudos? Vai ficar com parentes? Será bancado pelos pais? Tudo isso deve ser comprovado). Cada província tem uma regra diferente também, por isso é importante você ir se informar na prefeitura! Boa sorte!

      Excluir
    2. Oi Isis!
      Parabéns pelo blog! Estou lendo tudo.
      Agora estou com essa dúvida. Estou indo pra Bélgica como turista. Nesse meio tempo encontrei uma universidade legal que me aprovou. Não sei se terei tempo de aplicar pra tudo daqui já q teria q traduzir documentos, etc. Você tem certeza que pode mudar para o visto de estudante daí mesmo? Li em algum lugar que somente apenas do Brasil dá pra fazer, agora estou confusa.
      Se puder me ajudar,
      Muito obrigada e tudo de bom!

      Excluir
  9. Olha tenho uma dúvida talvez possa me ajudar,
    Moro na Bélgica a 3 anos, sou casada com um belga, e gostaria de trazer minha filha de 7 anos pra morar aqui com nosco. A minha dúvida é se seria mais fácil traze la como turista e depois pedir a coabitaçao ou pedir antes de trazê-la? Obrigada qualquer informação será muito bem vinda.
    Detalhe o pai e brasileiro mora na Bélgica, mas não autorizou a vinda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ans! Primeiramente: é claro que você tem o direito de trazer a filha. Pode trazê-la como turista e, no dia em que ela chegar, você já a leva para a prefeitura da sua cidade para dar início ao processo de legalização e permanência dela. Certifique-se que vocês tenham todos s documentos em mãos: certidão de nascimento dela (o seu tb), sua certidão de casamento com o belga, comprovante de residência daqui, holerite que mostre a renda do casal, enfim, todo documento que você acredite que seja útil! É importante ela trazer também carteirinha de vacinação e histórico escolar para que estes tenham continuidade aqui.
      Uma observação: a sua situação com o pai da menina está resolvida? Se ele não autorizou a vinda, como fica isso? Já conversou com um advogado para saber se a não-autorização dele atrapalha no processo de trazê-la?

      Excluir
    2. Boa noite meu noivo eu estamos pensando em ir morar na Bélgica moramos no Brasil e difícil conseguir emprego ai sem documentos ??poderia me ajudar nessa dúvida

      Excluir
  10. Oi Isis, tudo bem ? Estou lendo seu blog e curti bastante.
    Estou com uma oportunidade de trabalho a caminho, na área de telecomunicações. Gostaria de uma ajuda sua, referente a minha esposa. Somos casados no Brasil, ela eneu Brasileiros. Como faço com o visto dela? Posso ja leva-la como turista e lá pedir o visto dela ou ela teria que pedir tudo antes?

    ResponderExcluir
  11. Edson, se vocês são casados já, ela automaticamente tem direito de te seguir por onde for, sem problemas! As duas formas são possíveis: tanto arrumar o visto dela no Brasil quanto ir para a Europa com visto de turista e já nos primeiros dias correr para a prefeitura e embaixada brasileira em Bruxelas para regulariza-la. A vantagem de vir com o visto certo já do Brasil é que fica mais barato e é mais seguro: eles não vão barrá-la e vocês não precisam de uma passagem de volta para o Brasil - a não ser que seu trabalho seja temporário. Aliás, o mais importante é o seu passaporte e contrato com essa companhia estarem bem certinhos. Isso seu empregador deve arrumar para você! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  12. Se der certo de irmos, pagamos uma breja/café com sua family hehe .. obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opaaaaaaa, já topei! hahahaha vai dar certo Edson!!!!

      Excluir
  13. Oi Isis,

    (Desculpa para meus erros, porque o Português náo é minha língua nativa. Só estou aprendendo por alguns anos agora.)

    Eu já te mandei mensagem pessoal no Youtube, mas fiquei com duvida você iria ver como parece bem escondido aquelas mensagens... Também, foi antes de descobrir essa tesouraria de informação aqui! Eu não acredito até agora! Você é maravilhosa sabe!

    Eu gostasse você pegasse algumas da minhas duvidas: Eu li aqui sobre conseguir ficar legalizado aqui por emprego. Isso é realmente verdade?
    Eu pensei que isso foi proibido aqui... Então parece que eu fui errado? Estou um pouco preocupada sobre isso.

    O situação é assim: eu sou Belga e tenho namorado Brasileiro. Todo tempo eu fiquei na cabeça com coabitação legalizado para fazer com ele no futuro. Porém eu sei que para fazer isso, eu neste caso preciso ganhar pelo menos o salário mínimo por mês. Agora o problema é o seguinte: eu tenho dificuldades bastantes encontrar emprego por motivos eu não vou falar aqui. Eu sei que eu posso deixar fazer o DVZ um analise da minhas coisas, mas então eu já sei que não vai ser o suficiente ainda.
    Então agora estamos vendo este outro opção de encontrar emprego para ele como possibilidade de conseguir ficar aqui.
    Você tem certeza ele não pode ficar com dificuldades com o governo?
    Você também falou de empresas que precisam de Brasileiros. Você sabe no qual cidade tem algumas/muitas e com qual tipos de emprego?

    Obrigada
    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S.: Vocë mora em Lier, certo? Então eu não moro tão longe de você sabe!

      Excluir
    2. Lynn, seu português é muito bom, mulher! Parabéns! Sim, tem erros, mas está melhor que o meu neerlandês viu.. hahaha

      Te respondendo: Sim, se seu namorado conseguisse um emprego aqui na Bélgica dentro dos três meses de turista os quais ele tem direito, o empregador teria que arrumar os papéis dele para que ele pudesse ficar legalmente.
      Mas eu preciso dizer: isso é muito, muuuito difícil. Há brasileiros aqui o suficiente para serem contratados de forma menos burocrática e que já falam francês e/ou holandês. Seu namorado teria essa chance apenas se tivesse um currículo extraordinário, entende? :-/

      Realmente, para trazê-lo por coabitação, você precisa ganhar o suficiente... e ainda ser responsável por ele. É complicado se você vive de uitkering, por exemplo... isso o governo não vai aceitar, infelizmente.

      O que ele poderia tentar é vir com a intenção de estudar. Se matricular em uma escola ou, ainda melhor, numa universidade e vir com bolsa de estudos! Trabalhos voluntários por aqui também são uma opção.

      De qualquer forma, vou te passar uns links com informações que vão te ajudar melhor do que eu posso...

      - Links de vistos para brasileiros: http://brazil.diplomatie.belgium.be/pt-br/venha-para-belgica/visto-para-belgica
      No site belga: https://diplomatie.belgium.be/nl/Diensten/Naar_Belgie_komen
      (Veja aqui se há algum mais fácil de conseguir no caso de vocês)

      Comunidade brasileira em Antuérpia: https://www.facebook.com/groups/383564641840826/
      (sempre tem alguém que passou pelo que você está passando e pode te ajudar melhor!
      Tem também o Gino e a Aleni, um casal que sempre está bem informado quanto as leis belgas, e também o Rick, ou Ricardo, do blog Viver na Bélgica. O link do perfil de cada um deles:
      Gino: https://www.facebook.com/gino.vanelsacker?fref=pb&hc_location=friends_tab&pnref=friends.mutual
      Aleni: https://www.facebook.com/aleni.diasdeoliveira
      Ricardo: https://www.facebook.com/ricardobelgica

      Bolsas de estudo ou intercambio para brasileiros disponíveis na Bélgica: http://partiuintercambio.org/bolsas-de-estudo/programa-de-bolsas-formula-santander/
      (dá uma olhada com calma nesse site, ele é excelente!!)

      Espero ter ajudado, flor! Boa sorte!!

      Excluir
    3. Ah, eu moro em Emblem agora, Ranst! Onde você mora? :-3

      Excluir
    4. Oi Isis,

      Obrigada para explicar as coisas mais claro para mim. (Eu já mandei a resposta nele.)
      Ele é muito bom com coisas técnicas e tem experiência (na área de eletricidade: mexer com geradores, instalar ar condicionado e ate mexer com carros) e ouvi que falta pessoas assim aqui, certo?
      Ou isso não é o suficiente?

      Você conhece empresas que precisam de Brasileiros?

      Sim eu sei, então é por isso eu perguntei sobre o opção de emprego... Já estou com estresse todo tempo dessa coisa. :(

      Mas como você pode estudar aqui se não sabe nem Holandês ou Inglês?
      Outra coisa, ele vai ter que fazer aulas porque o nível de Inglês dele é muito muito baixo, mas ele não tem dinheiro por isso por enquanto e eu não acho que aplicativos de línguas podem ajuda-lo o suficiente. :/)

      É muito difícil trocar aquela bolsa de estudas?

      Também, ele não tem diploma da escola, mas quer recomeçar estudar por isso, porém por enquanto isso não é possível porque ele trabalha na empresa muito louca que não deixe-lo com quase nem tempo livre. Sempre horas extras.
      Então ele espere que a gente vai manda-lo embora rápido.

      Eu moro em Geel. Não conheci o nome Emblem, porém Ranst sim, mas nunca fui lá não.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Oi Isis!
    Não sei se meu outro post foi então vou repetir hahah
    Bom, o meu plano é: ir para Bélgica por meio do Worldpackers (programa de trabalhar em troca de hospedagem) mas o máximo que posso ficar é por 3 meses, mas pretendo continuar na Bélgica e tentar algum "bico", quero fazer transferência do meu curso de Administração para um curso a distância de uma faculdade brasileira que tem uma unidade em Bruxelas, não sei se isso me ajudaria com o visto de estudante ou de trabalho por a faculdade ser brasileira mas enfim, esses trabalhos mais simples, como trabalhar em pub, em café etc o empregador poderia pedir um visto de trabalho para mim?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  16. Oi Isis,

    Sou brasileira/belga e morei muitos anos na Bélgica. Tenho nacionalidade belga e pretendo voltar para Bélgica ano que vem e tentar arrumar um emprego. Vou me casar com um brasileiro em outubro e quero que ele vá morar na Bélgica comigo. Isso é possível? Ele poderá trabalhar legalmente na Bélgica? Obrigada, Isabella

    ResponderExcluir
  17. Olá, adorando suas dicas, então meu esposo é mecânico e mais algumas atribuições nessa mesma área, já ouvi que sempre tem emprego garantido pra mecânico, será verdade, será que ele consegui se legalizar com contrato

    ResponderExcluir
  18. Bom dia!! Adorei seu blog,porque é tão difícil trocar ideias sobre isso. É difícil encontrar informações na Internet. Mas enfim, sou brasileira e meu esposo também, porém ele mora na Bélgica com tudo certinho, emprego, residência. Como fiquei no Brasil, nós entramos com o processo de visto de reunião familiar, porém houve um equívoco e nós achamos que ia ficar pronto rápido. Eles informaram que fica pronto até 6 meses, resolvemos desistir porque tínhamos viagem marcada. A minha dúvida é, se eu for como turista pra Bélgica, quando eu tiver lá posso entrar com processo de permanência lá? Você sabe me informar como funciona? Já perdemos muito dinheiro com isso tudo por falta de informações.
    Desde já obrigada!
    Kamilla

    ResponderExcluir
  19. Oi isis ,tudo bem?Bom eu e meu esposo estamos com planos de ir morar na Bélgica em agosto de 2018 ,a irmam dele já morra lá e casada com um brasileiro que tem nacional belga.So que vamos com o visto de turismo ,e assim que chegassemos lá pediriamos o vistos p trabalho (meu esposo já vai com trabalho garantido ),e possível irmos com o visto de turismo e já estando lá pedir o de trabalho ? Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde, quanto tempo leva mais ou menos para sair o visto de reunião familiar?

    ResponderExcluir
  21. Tenho uma filha de 8 anos com um belga,mas vivo aqui no Brasil.Mas queria ir pra Bruxelas sera k a gente consegue entrar sem problema

    ResponderExcluir
  22. Olá Isis, estou na Bélgica a passeio e conheci um empresario no Café tomando uma cerveja. Como de costume começameçamos a falar sobre trabalho e ele me perguntou se eu teria interesse em trabalhar com ele. Pois bem, disse a ele que iria pensar e ele me fez uma proposta muito boa, inclusive me oferecendo moradia, carro e um bom salário. Qual o melhor tipo de visto nessa situação? Pediria o vito B? Ele seria mais rapido, ele disse que precisaria de mim para setembro.

    ResponderExcluir

Follow by Email